Como saber se é candidíase ou vaginose?

Tanto a candidíase quanto a vaginose são infecções que tem sintomas parecidos, e se não tiver tratamento adequado pode comprometer a saúde de uma mulher.

Como saber se é candidíase ou vaginose

Compartilhe nas redes sociais!

Diferença entre vaginose e candidíase

A vaginose bacteriana e a candidíase são formas comuns de vaginite, mas normalmente não é motivo de preocupação. Embora os sintomas geralmente sejam iguais, as causas e os tratamentos são diferentes. A candidíase pode ser tratadas com remédios ou pomadas vendidos sem receita, mas todos os casos de vaginose devem ser tratados com medicamentos receitados por seu médico.

Continue lendo para saber a diferença entre vaginose e candidíase, como identificar a causa.

Sintomas de vaginose

Cerca de metade das pessoas que têm vaginose bacteriana não tem sintomas perceptíveis.

Mas, se houver sintomas, eles podem ser:

  • Odor de “peixe” que fica mais forte após o sexo ou durante a menstruação
  • Corrimento vaginal cinza fino, amarelo ou esverdeado
  • Coceira vaginal
  • Ardência ao urinar

Sintomas de candidíase

Os sintomas de candidíase podem ser:

  • Corrimento vaginal espesso, branco, “parecido com coalhada”
  • Vermelhidão e inchaço ao redor da abertura vaginal
  • Dor, irritabilidade e coceira na vulva
  • Ardência ao urinar
  • Queimação durante o sexo

O que causa vaginose?

Uma mudança em seu pH vaginal pode causar uma vaginose bacteriana. Uma mudança no pH pode fazer com que as bactérias que crescem naturalmente dentro da vagina, fiquem mais dominantes do que deveriam.

Normalmente a causa da vaginose é o crescimento excessivo da bactéria Gardnerella vaginalis .

Seu pH vaginal pode flutuar por vários motivos, incluindo:

  • Alterações hormonais, como menstruação, gravidez e menopausa
  • Uso excessivo de ducha vaginal ou outros métodos de “limpeza”
  • Ter relação sexual com um novo parceiro

O que causa candidíase?

A candidíase é causada pelo crescimento excessivo do fungo Candida na vagina.

Isso pode ser causado por:

Embora a candidíase não seja consideradas uma doença sexualmente transmissível (DST), há algumas evidências de que pode ser causada pela atividade sexual.

Vaginose tratamento

Metronidazol e tinidazol , são dois medicamentos orais normalmente prescritos pelo médico para tratar a vaginose bacteriana.

Seu médico também pode prescrever uma pomada, como clindamicina.

Embora os sintomas devam desaparecer rapidamente – em dois ou três dias – não suspenda o uso dos medicamentos. Termine o curso completo de antibióticos, que pode ser de de cinco ou sete dias.

Fazer o tratamento completo é a única maneira de eliminar a infecção e reduzir o risco de recorrência.

Durante esse período, evite ter relações sexuais vaginais ou inserir qualquer coisa na vagina que possa introduzir bactérias, como por exemplo: Absorvente interno ( OB ou Tampax ) ou brinquedos sexuais.

A menos que os sintomas da vaginose continuem depois que a medicação acabar, você provavelmente não precisará de uma nova consulta de revisão.

Candidíase tratamentos

Você pode comprar pomadas ou cremes vendidos sem receita, que matam o fungo Candida , incluindo miconazol e clotrimazol , na farmácia do seu bairro.

Se você consultar um médico, ele pode prescrever uma pomada ou creme ou óvulo ou um medicamento oral chamado fluconazol.

Se você tiver infecções recorrentes – mais de quatro por ano – seu médico pode prescrever um tipo diferente de medicamento.

Embora alguns medicamentos possam ser de dose única, outros podem durar até 14 dias. Fazer o tratamento completo é a única maneira de eliminar a infecção e reduzir o risco de recorrência.

Durante esse período, evite ter relações sexuais vaginais ou inserir qualquer coisa na vagina que possa introduzir bactérias, incluindo: Absorvente interno e brinquedos sexuais
Se seus sintomas diminuírem após o tratamento, você provavelmente não precisará de uma consulta de acompanhamento.

LEIA TAMBÉM:

Fontes:

2 comentários em “Como saber se é candidíase ou vaginose?”

Os comentários estão desativados.