O que fazer para ACABAR com Vaginose?

  • por
O que fazer para acabar com vaginose

O que é vaginose?

A vaginose bacteriana é uma infecção vaginal causada pelo crescimento excessivo de bactérias. A vagina possui naturalmente bactérias “boas” e “ruins”. Nos casos de vaginose bacteriana, há excesso de bactérias ruins. Isso desequilibra o ambiente vaginal.

A vaginose bacteriana é muito comum e muitas mulheres podem ter, independentemente de terem ou não feito sexo, serem ou não sexualmente ativas. Alguns remédios caseiros podem ser usados ​​para tratar e prevenir a vaginose. Leia mais para saber o que fazer para acabar com a vaginose.

1. Iogurte

O que fazer para acabar com vaginose

Tome iogurte diariamente

O iogurte é um probiótico natural, que contém muitas bactérias boas. De acordo com a Mayo Clinic , comer iogurte pode ajudar a introduzir bactérias boas ​​de volta ao corpo. Isso ajuda a criar um ambiente vaginal equilibrado e pode ajudar acabar com a vaginose, combatendo as bactérias nocivas. Para ajudar a acabar com a vaginose, coma pelo menos um pote de iogurte por dia.

2. Probióticos

O iogurte contém alguns probióticos. Mas há muitos suplementos probióticos a venda nas farmácias, casas de produtos naturais ou online. De acordo com um estudo de 2014, tomar suplementos probióticos diariamente pode ajudar a tratar e prevenir a vaginose bacteriana.

Se você tiver vaginose bacteriana, tome probióticos diariamente para ajudar a tratar e prevenir futuros casos de vaginose bacteriana. Os probióticos podem ser em comprimidos ou líquidos. Se você tomou um antibiótico, esse medicamento pode matar tanto as bactérias boas quanto as ruins. Portanto, tome suplementos probióticos e iogurte todos os dias.

3. Alho

O que fazer para acabar com vaginose

Alho

O alho tem fortes propriedades antibacterianas e há muitos séculos é usado como remédio caseiro para a vaginose bacteriana. Um estudo confirmou que tomar um comprimido de suplemento óleo de alho pode ser uma opção natural para o tratamento da vaginose bacteriana.

4. Água oxigenada

Estudo de 2003 descobriu que cerca de 30 ml de água oxigenada usado diariamente por uma semana para lavagem vaginal foi capaz de ajudar a acabar com a vaginose bacteriana, assim como os remédios tradicionais. Tem a vantagem de ter um custo muito inferior ao desses medicamentos. Além disso tem menos efeitos colaterais.

5. Óleo de Melaleuca

O óleo de melaleuca tem propriedades antibacterianas e antifúngicas poderosas que podem ajudar a tratar a vaginose bacteriana. Um pequeno estudo relatou sucesso no tratamento da vaginose bacteriana com apenas óleo de melaleuca .

Os óleos essenciais, como o óleo de melaleuca, precisam ser diluídos em um óleo neutro , como óleo de coco , óleo de amêndoa doce , ou azeite . Escolha um óleo ao qual você não é alérgica e misture 5 a 10 gotas de óleo de melaleuca em 30 ml de óleo neutro. Não use o óleo de melaleuca sem antes misturá-lo com um óleo neutro, pois ele pode queimar a sua pele.

Algumas pessoas são alérgicas ao óleo de melaleuca. Então, antes de usar , teste uma pequena quantidade do óleo diluído na pele antes de usar no tecido vaginal, que é muito sensível. Se não houver nenhuma reação em 24 a 48 horas, o uso é seguro.

Existem outras maneiras de usar o óleo de melaleuca para tratar a vaginose bacteriana. Você pode misturá-lo com óleo de coco (ou outro óleo neutro) e embeber um tampão nele. Insira o tampão na vagina e remova após uma hora. Retire imediatamente se houver alguma irritação. Repita algumas vezes por dia. Não durma com o tampão. 

6. Use roupas intimas de algodão

Certos tipos de roupa íntima, incluindo de laycra e outros tecidos sintéticos, não são tão respiráveis ​​quanto a calcinha de algodão. Usar roupas íntimas feitas desses tecidos pode reter a umidade. Isso pode causar um terreno fértil para bactérias e pode piorar qualquer infecção bacteriana vaginal.

Para ajudar a acabar com a vaginose bacteriana rapidamente e para prevenir casos futuros, use calcinhas de algodão que deixa sua pele respirar. Além disso, não use calças justas.

7. Ácido bórico

Os óvulos vaginais de ácido bórico podem ser usados para tratar a vaginose bacteriana. De acordo com estudos , os óvulos vaginais de ácido bórico podem ser inseridas na vagina todas as noites durante duas semanas para tratar a vaginose bacteriana.

É seguro usar na vagina e foi considerado tão eficaz quanto alguns remédios. No entanto, observe que o ácido bórico não é comestível; é tóxico se ingerido. Deve ser mantido longe de crianças e animais. Também não deve ser usado se você estiver grávida.

8. Não use duchas intimas

O que fazer para acabar com vaginose

Não use duchas intimas

Algumas mulheres usam duchas intimas vaginais porque acreditam que isso as torna “mais limpas”. Na realidade, pode perturbar o equilíbrio natural das bactérias na vagina e aumentar a chance de infecção. De acordo com a Mayo Clinic , a vagina é auto limpante e a ducha apenas prejudica o ambiente natural dentro da vagina.

Leia: Por que não usar ducha intima vaginal

9. Faça sexo seguro

De acordo com a Womens Health, o uso de preservativos pode reduzir o risco de contrair vaginose bacteriana. Enquanto isso, ter novos ou vários parceiros sexuais pode aumentar o risco. Por isso, sempre use preservativos , principalmente com novos parceiros sexuais.

10. Pratique uma boa higiene íntima

As áreas anal e vaginal estão próximas. Ter uma boa higiene intima ajuda a acabar e prevenir a vaginose bacteriana. Assim, siga sempre as regras de boa higiene; se limpe da frente para trás após usar o banheiro. Isso significa se limpar da vagina em direção ao reto para evitar qualquer contaminação das fezes.

Troque seu absorvente ou absorvente interno várias vezes ao dia durante o período menstrual. Sempre limpe seus brinquedos sexuais com sabão e água quente antes e depois de usar. Seu parceiro também pode ter a bactéria, e talvez vocês dois precisem de tratamento. Tudo isso ajudará acabar com a vaginose bacteriana o mais rápido possível.

LEIA TAMBÉM:

Conclusão:

Se os sintomas da vaginose não desapareceram ou melhorarem após uma semana, marque uma consulta com seu ginecologista. Você também deve procurar seu médico imediatamente se sua vaginose bacteriana for recorrente.

Tente marcar a consulta em um dia em que não esteja menstruada. Assim seu médico fazer uma coleta do seu corrimento vaginal para exame. Provavelmente o médico irá prescrever antibióticos orais ou um creme ou pomada vaginal com antibiótico.