O que pode acontecer se não tratar a candidíase?

O que pode acontecer se não tratar a candidíase

Compartilhe nas redes sociais!

Candidíase não tratada

A candidíase vaginal é uma infecção fúngica comum que causa corrimento espesso e branco, irritação, coceira e inchaço da vulva e da vagina, e se não tratar a candidíase pode ocorrer outros problemas de saúde. Leia mais para saber o que pode acontecer se não tratar a candidíase.

Se não você não tratar, a candidíase vaginal provavelmente piorará, causando prurido, vermelhidão e inflamação na área ao redor da vagina. Isso pode causar uma infecção na pele se a área inflamada se quebrar ou se arranhar irá criar feridas abertas.

O que pode acontecer?

  • Fadiga
  • Sapinhos
  • Problemas gastrointestinais
  • Candidíase invasiva

A candidíase invasiva ocorre quando a infecção afeta outras partes do corpo, como:

  • Sangue
  • Coração
  • Cérebro
  • Ossos
  • Olhos

A candidíase invasiva é geralmente causada por uma ferida aberta e exposta a infecção, e pode causar sérias complicações se não for tratada imediatamente.

Existe a possibilidade da candidíase desaparecer por conta própria. A probabilidade varia de pessoa para pessoa.

Se você decidir não tratar a candidíase, no entanto, pode piorar. Há também a possibilidade de você achar que tem candidíase, mas é um problema mais sério.

Cerca de 66% das mulheres que compram remédios para candidíase não têm realmente a doença. Os sintomas podem ser causados ​​por uma alergia ou irritação devido à sensibilidade a tampões, sabonetes, talcos ou perfumes. Ou eles podem ser outro tipo de infecção vaginal.

Conclusão:

A candidíase deve ser diagnosticada e tratada adequadamente. Se não tratada, pode causar vários problemas de saúde.

Se você estiver tratando o que pensa ser uma candidíase sem diagnóstico médico e não desaparecer em uma ou duas semanas, consulte um médico. O medicamento que você está usando pode não ser forte o suficiente ou você pode não ter candidíase.

Você também deve ir ao médico se a infecção retornar em alguns meses. Ter mais de uma infecção em um ano pode ser uma indicação de uma candidíase recorrente ou outra doença.

Fontes:

LEIA TAMBÉM: