Porque Diabetes Causa Candidíase?

As mulheres diabéticas tem maior risco de ter candidíase.

Porque diabetes causa candidíase

Compartilhe nas redes sociais!

Diabetes e candidíase

Doenças como o diabetes, pode aumentar o risco de candidíase. Um estudo encontrou uma relação entre a glicose alta e candidíase, nas mulheres e crianças como diabetes tipo 1. Outro estudo, feito com mulheres com diabetes tipo 2, encontrou um maior risco de infecção fúngica, mas os pesquisadores ainda não sabem se o aumento da candidíase em diabéticos é causado pelo alto nível de glicose no sangue ou outro fator.

O fungo que causa a candidíase ( Candida Albicans ) se alimenta do açúcar. Se seu diabetes não estiver bem controlado, sua glicose no sangue pode ficar alta demais. Este aumento na glicose pode causar o crescimento excessivo dos fungos, principalmente na área vaginal. Em resposta, seu corpo pode desenvolver uma infecção.

Manter o diabetes controlado pode ajudar a reduzir o risco de candidíase. Se você tem diabetes, deve fazer exames médicos periódicos. Alguns tipos de candidíase podem causar complicações sérias se não forem tratadas.

Tratamento da candidíase para mulheres diabéticas

Pesquisadores em um estudo de 2007 descobriram que mais da metade das mulheres com diabetes que desenvolvem candidíase têm uma espécie específica do fungo, Candida glabrata . Eles também descobriram que esse fungo responde melhor a um longo tratamento com óvulos vaginais. 

O médico pode colher uma amostra do fluido vaginal para determinar o tipo de fungo que está causando a infecção. Saber o tipo de fungo pode ajudar o médico a prescrever a melhor opção de tratamento para você.

A candidíase causada pelo fungo Candida Albicans leve e moderada geralmente podem ser tratada com um tratamento tópico, como um creme ou pomada ou óvulo vaginal. O tratamento pode durar até sete dias, dependendo da medicação.

Os remédios mais comuns para o tratamento da candidíase são:

Butoconazol 
Clotrimazol 
Miconazol 
Terconazol

Esses medicamentos são vendidos sem receita médica.

Seu médico também pode recomendar um medicamento oral de dose única, como o fluconazol . Se os seus sintomas forem mais graves, eles podem prescrever duas doses únicas com três dias de intervalo para ajudar a eliminar a infecção.

Seu médico também pode aconselhar que você ou seu parceiro use preservativo durante as relações sexuais para evitar a propagação da infecção para seu parceiro.

Candidíase grave

Casos mais graves de candidíase também podem ser tratados a longo prazo. Isso normalmente dura até 17 dias. Seu médico pode recomendar um creme, pomada, comprimido ou óvulo vaginal.

Se isso não eliminar a infecção ou se ela retornar em oito semanas, é importante avisar o seu médico.

Candidíase recorrente

Se a infecção voltar, seu médico fará um tratamento de manutenção para evitar o crescimento excessivo dos fungos que causam a candidíase. Este tratamento pode incluir:

Uso de medicação de duas semanas, para começar
Um comprimido de fluconazol uma vez por semana por seis meses
Um óvulo de clotrimazol uma vez por semana por seis meses

Conclusão:

Se você suspeitar que tem candidíase, consulte seu médico. Ele irá analisar a causa de seus sintomas e indicar o tratamento mais adequado para você. Com o tratamento, a candidíase geralmente cura em 14 dias.

Converse com seu médico se o diabetes é o fator que causa a sua candidíase. Caso essa seja a causa, a melhor forma de evitar a candidíase recorrente é manter o diabetes controlado.

LEIA TAMBÉM:

Isenção de responsabilidade:

Esse artigo é meramente informativo, baseado nas fontes abaixo. Não temos a intenção de substituir a consulta médica. Não use ou tome remédios sem prescrição médica, pois pode ser perigoso para sua saúde.

Fontes:

Um comentário em “Porque Diabetes Causa Candidíase?”

Os comentários estão desativados.