Sapinho na Boca de Bebê: Como tratar, causas e sintomas

Sapinho na Boca de Bebê: Como tratar, causas e sintomas

O que é sapinho na boca de bebê?

O sapinho na boca de bebê é uma infecção causada pelo fungo Cândida Albicans. Esse fungo vive naturalmente em nosso corpo, mas em determinadas situações, como baixa imunidade o fungo cresce demais. Assim causa o sapinho.

Seu bebê pode pegar o sapinho na gravidez, no parto ou durante a amamentação. Mas também dos fungos que estão no ambiente.

Leia também: O que é sapinho na boca?

Sintomas de sapinho na boca de bebê

Sintomas de sapinho na boca de bebê

Se o seu bebê tiver sapinhos os sintomas são os mesmos da candidíase oral em adultos.

Os sintomas são:

  • Manchas brancas ou amarelas na parte interna da boca, como na lingua, gengiva, amigdalas e nos lábios.
  •  Sangramento se as bolhas forem feridas
  • Rachadura no canto da boca
  • Dor e/ou sensação de queimação na boca

A candidíase oral em bebês também pode causar dificuldade do bebê se alimentar, irritação ou agitação.

Agora, se você suspeitar que tem sapinho na boca do seu bebê, então procure o pediatra.

Caso o sapinho surgir durante a amamentação, tanto a mãe quando o bebê precisarão de tratamento.

O que o sapinho na boca de bebê pode causar?

Nos bebês e nas mães com o sistema imunológico normal e forte, a candidíase oral não causa complicações. Mas em casos graves pode passar para o esôfago.

Mães ou bebes com o sistema imunológico fraco, podem ter complicações. Pois o fungo pode se passar para o sangue e se espalhar para o coração, cérebro, olhos e outras partes do corpo. Isso é medicamente chamado de candidíase invasiva ou sistêmica.

A candidíase sistêmica causa complicações nos órgãos afetados. Além disso pode causar choque séptico, que é fatal.

Sapinho na boca de bebe pode passar para a mãe?

Sim, o mesmo fungo que causa a candidíase oral no bebê pode passar para os seios, mamilos e pele da mãe.

Da mesma forma, uma mãe que tenha candidíase nos seios ou mamilos pode passar para o bebê durante a amamentação. Agora como a mãe pode ter candidíase na pele sem causar infeção ou sintomas, também pode contaminar o bebê sem saber. 

Se o bebê tiver sapinhos e a mãe tiver uma infeção na mama ou mamilo, os dois devem ser tratados para evitar que se transforme em um ciclo de transmissão.

Leia também: Pode amamentar com candidíase?

Sapinho na boca de bebê como tratar

O sapinho na boca de bebês normalmente desaparece em 2 semanas sem uso de medicamentos. Mas os pais devem monitorar a infecção.

O médico pode prescrever medicamentos em gotas ou um gel que deve passado no interior da boca e na língua do bebê.

Seu médico ou pediatra do seu bebê pode recomendar:

  • Tratamento com remédios antifúngicos
  • Aplicar um creme antifúngico como terbinafina ou clotrimazol
  • Limpar seus seios antes de amamentar para evitar que o creme entre na boca do bebê
  • Esterilize as chupetas, mamadeiras, mordedores e outros brinquedos que o bebê possa levar a boca
  • Se você usa bomba tira leite, então esterilize todas as partes da bomba
  • Sempre limpe bem seus mamilos antes de amamentar
  • Mantenha os seios e mamilos secos entre as mamadas
  • Evite que seu leite se acumule na pele, abaixo dos seios e nas axilas

Remédio caseiro para sapinho na boca de bebê

Dependendo da idade da do bebê, o médico pode indicar o uso de produtos com lactobacilos, como iogurte. Os lactobacilos contém bactérias “boas” que podem ajudar a reduzir o excesso de fungo. 

Outros remédios caseiro , como extrato de semente de toranja, óleo de coco , violeta de genciana, óleo de melaleuca e bicarbonato de sódio, também podem ser usado no tratamento de sapinhos na boca de bebês.

Agora, mesmo os remédios caseiros podem conter produtos químicos, por isso sempre consulte o pediatra antes de tentar qualquer tratamento caseiro.

Fontes:

2 comentários em “Sapinho na Boca de Bebê: Como tratar, causas e sintomas”

Os comentários estão desativados.